Jongo

O Jongo é um ritmo afrodescendente, trazido ao Brasil junto com os escravos Bantos, seu toque é marcado por dois tambores, somente: o Tambú e o Candongueiro.

JONGO. Foram os escravos bantos que introduziram este ritmo no Brasil. O toque é marcado por dois tambores, o “Tambú” e o “Candongueiro”. É manifestação cultural diretamente associada à cultura africana e influiu na formação do samba carioca. Ocorre na Região Sudeste – Rio de Janeiro e São Paulo, A coreografia difere nos dois estados. Às vezes o cantador traz um chocalho na mão, o canto é de estrofe e refrão, sustentado pelo ritmo dos tambores e pelas palmas dos participantes. Veja mais

O Jongo e suas origens

O Jongo é um ritmo afrodescendente, formador, junto com o Maxixe, o Lundú e outros, da base do Samba como nós o conhecemos hoje. Veja mais

Jongo

O Jongo é um ritmo afrodescendente, formador, junto com o Maxixe, o Lundú e outros, da base do Samba como nós o conhecemos hoje. Veja mais